Poucos alcoólatras percebem que precisam de ajuda

Bibliomed

Relatório divulgado pelas autoridades de saúde norte-americanas mostra que a maioria dos alcoólatras não percebe que precisam de ajuda e não acredita que o tratamento possa ajudá-los.

Produzido pelo Substance Abuse and Mental Health Services Administration (SAMHSA), o estudo mostra que 7,4 milhões de adultos, com idade entre 21 e 64 anos, tem se tratado da dependência de álcool, mas apenas 7,8% admitem precisar de tratamento e 1,2% deles acreditam que possam se recuperar totalmente.

Os resultados da pesquisa destacam a necessidade de aumentar a conscientização dos adultos com problemas de consumo e desenvolver maneiras de identificar, enfrentar e ajudar alcoólatras a começar o tratamento. Pessoas dependentes de álcool não conseguem abandonar a bebida e nem reduzir a quantidade ingerida. Com isso, surgem problemas de ordem emocional e de saúde, além de transtornos sociais na relação de trabalho, familiar e com amigos.

Pamela S. Hyde, uma das administradoras do SAMHSA, diz que o estudo aponta o número grande de norte-americanos que não se trata da dependência e que não acreditam na eficácia do tratamento. “As pessoas, amigos e familiares claramente precisam de ajuda e apoio no enfrentamento e fazer algo sobre o problema. Sem ajuda, o alcoolismo pode ser fatal”, completa.

 

Quer ficar sempre atualizado? Siga-nos! @ctviva

O que você achou disso? Deixe seu comentário:

Deixe um comentário

Post Navigation

Termos de Uso e Política de Privacidade - Grupo Viva | Clínica Terapêutica Viva © - Todos os direitos reservados